PRF faz Novo Pedido de Concurso Público



  

Solicitação já foi enviada para o Ministério da Justiça, que tem até o dia 31 de maio para reencaminhar o pedido para o Ministério do Planejamento.

A Polícia Rodoviária Federal, a PRF, está com novos planos em relação ao seu concurso público. De acordo com ela, já foi confirmado o encaminhamento de nova solicitação junto ao Ministério da Justiça, com prazo final de 31 de maio para esse reencaminhar todo o processo para o responsável, o Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão, o MPOG.

Conforme organizadores, o certame irá ofertar no total 1.300 vagas para quem busca seguir a carreira policial. Todavia, esse é menor se comparado àquele anterior que foi encaminhado no ano de 2016, que buscava preencher 1.500 cargos.

Podem concorrer aos cargos de policiais rodoviários os candidatos que tiverem nível superior em qualquer curso de formação, bem como esses precisam ter a carteira de habilitação mínima na categoria B. A carga horária de trabalho desses servidores será de 40 horas por semana.

O salário inicial será de R$ 9.491,98, incluindo benefícios nesse valor. Porém, ao que tudo indica, já em janeiro de 2018 e em janeiro de 2019, a carreira irá sofrer dois novos reajustes, podendo chegar a até R$ 10.357,88 no período final.





Portanto, até o momento, resta apenas aos interessados aguardarem primeira chamada. Buscando agilizar o processo para a realização do concurso público, a PRF já está com minuta do edital pronta, uma vez que essa já estava sendo feita desde o fim do ano de 2016. Sendo assim, ao que tudo indica, após aprovação do Ministério de Planejamento, o objetivo é que o processo já seja iniciado imediatamente.

No concurso anterior, realizado no ano de 2013 e que teve a organização do Cespe/UnB, foram 109.769 inscritos para um total de mil vagas. O processo seletivo ocorreu por meio de prova objetiva de múltipla escolha e de 120 questões, teste de capacidade física, exame discursivo, avaliação psicológica, avaliação da saúde do candidato, análise de títulos e investigação social.

Como atribuições do policial rodoviário, pode ser citado: o desenvolvimento de atividades relacionadas à natureza policial, como o patrulhamento e policiamento intensivo de áreas envolvidas; a fiscalização das ruas; o atendimento e socorro em caso de necessidade (como em acidentes rodoviários); além de outras atribuições relacionadas à área operacional em que opera o Departamento da Polícia Rodoviária Federal.

Kellen Kunz



Post Comment