Concurso DPE-SC 2017 – Banca Organizadora é Definida



  

Seleção deve oferecer 30 vagas para Defesor Público.

A DEFENSORIA PÚBLICA DO ESTADO – DPE/SC publicou no dia 27 de abril de 2017, no Diário Oficial de Santa Catarina, a dispensa de licitação com o objetivo de contratação da Banca Organizadora de Concurso Público. A banca selecionada para a organização do próximo concurso da DPE/SC será a Fundação Carlos Chagas- FCC. A probabilidade é que sejam abertas para o cargo de Defensor Público no mínimo 30 vagas, o edital contará com outras vagas para o preenchimento de outros cargos.

No edital do concurso de 2012 a banca responsável foi a Fundação de Estudos e Pesquisas Socioeconômicos – FEPESE, o edital contou com o total de 90 vagas dividas entre os cargos de Analista Técnico (50 vagas) e Técnico Administrativo (40 vagas), a jornada de trabalho para ambos os cargos era de 40 horas semanais. A remuneração chegou até R$ 4.200,00.

Na época a forma de seleção ocorreu por meio de prova escrita com questões objetivas alternativas. Os conteúdos para o cargo de Analista Técnico foram: Direito Constitucional, Direito Civil, Direito da Criança e do Adolescente, Direito Administrativo, Noções de Informática, Direito do Consumidor, Direito Processual Penal, Direito Processual Civil, Português e Redação Oficial, Temas Atuais. Para o cargo de Técnico Administrativo foram selecionados os seguintes conteúdos: Noções de Direito, Noções de Informática, Temas Atuais, Português e Redação Oficial.





A Fundação Carlos Chagas – (FCC), banca organizadora para o concurso da Defensoria Pública do Estado – DPE/SC, tem como característica trabalhar com conteúdos de forma objetiva, na maioria das vezes a prova apresenta alternativas de múltipla escolha.

Enquanto o edital não for lançado a dica é que o candidato se organize para os estudos, formando assim uma rotina de estudo, é essencial montar um cronograma de estudo, pois ele possibilitará ao candidato ter conhecimento do máximo dos conteúdos exigidos no edital, economizando assim tempo. Ao elaborar seu cronograma de estudo é necessário incluir um horário para a prática de exercícios, na maioria das vezes o aluno fica envolvido apenas com a parte teórica, fazendo os exercícios o aluno irá aprofundar seus conhecimentos, percebendo assim suas principais duvidas. Fique atento ao lançamento do edital.

Bons Estudos!

Gisele Alves de Brito



Post Comment