Concurso IME 2017 – Vagas para Engenheiros Militares



  

Concurso tem 98 vagas abertas para os Cursos de Formação e Graduação de Oficiais da Ativa e de Oficiais da Reserva.

O IME (Instituto Militar de Engenharia), por meio do DCT (Departamento de Ciência e Tecnologia), está com inscrições abertas para o preenchimento de 98 vagas nos cursos de CACFG/Ativa (Curso de Formação e Graduação de Oficiais da Ativa) e CACFG/Reserva (Curso de Formação de Oficiais da Reserva) para fazer parte do quadro de Engenheiros Militares de 2017/2018.

Foram divulgados dois editais, o 02/2017 que traz 74 vagas para admissão no CACFG/Ativa do quadro de Engenheiros Militares; e o 03/2017 que traz 24 vagas para admissão no CACFG/Reserva.

Quem tiver interesse em se inscrever deverá atender aos seguintes pré-requisitos: possuir escolaridade média completa ou estar cursando o terceiro ano; ter idade entre 16 e 21 anos, completada até o dia 31 de dezembro de 2018.

Quem concluir os cursos que estão com oferta de vaga será nomeado como primeiro-tenente do Quadro de Engenheiros Militares e receberá um salário no valor de R$ 7.796,00, podendo passar por movimentação e ir para uma das organizações militares do Exército Brasileiro, distribuídas por todas as regiões do Brasil, com o intuito de exercer atividades que estejam relacionadas à Engenharia Militar, ao longo de um período de cinco anos, no mínimo.

Ao longo do curso, o estudante terá alimentação, assistência médica, assistência odontológica, alojamento (para quem precisar), além de uma ajuda de custo mensal.





As inscrições poderão ser realizadas até o dia 4 de agosto de 2017, acessando o site do IME – www.ime.eb.br. Os interessados precisarão pagar uma taxa de inscrição no valor de R$ 100,00.

A avaliação dos inscritos será feita por meio de um exame intelectual, que está previsto para ocorrer no dia 12 de outubro de 2017. A prova contará com 40 questões (Física, Matemática e Química); bem como uma inspeção de saúde e o exame de aptidão física.

A duração do curso de formação é de 5 anos letivos, visando a formação do oficial e também a graduação do engenheiro militar para que possa exercer cargos privativos da Engenharia Militar, podendo ser oficial subalterno e oficial intermediário, de acordo com a legislação federal vigente.

Fique atento ao prazo de inscrição e participe do processo de seleção para ingressar no Instituto Militar de Engenharia!

Por Iris Gonçalves

Concurso



Post Comment