Concurso Previsto Aneel 2018



  

Concurso tem previsão de ofertar 148 vagas de emprego.

Já pensou em trabalhar na Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica)? Se a sua resposta for sim, uma boa oportunidade é fazer o concurso público da instituição que deve acontecer no próximo ano. Segundo a assessoria de imprensa do próprio órgão, foi protocolado no Ministério do Planejamento um pedido de realização do certame que pretende selecionar 148 novos profissionais para cargos de nível médio e superior.

A solicitação para o processo seletivo foi feita em julho, espera-se que a banca organizadora seja escolhida em breve e o edital saia ainda este ano.

Confira abaixo mais informações sobre o concurso público da Aneel previsto para 2018:

Vagas oferecidas

Conforme informado pela Aneel, o concurso vai oferecer 148 vagas para profissionais com formação nos níveis médio e superior. Trata-se de 78 vagas para técnico administrativo, 31 para especialistas em regulação de serviços públicos de energia e 21 para analista administrativo.

Para concorrer ao cargo de técnico administrativo é preciso ter se formado no ensino médio, a remuneração paga é de R$ 6.147,52. Para as outras duas funções é exigido nível superior, os salários variam de R$ 11.529,29 a R$ 12.432,49, incluindo o auxílio-alimentação no valor de R$ 458,99.

A Aneel tem pressa em realizar o concurso, pois tem uma grande carência de servidores, tendo um déficit maior do que o número de vagas solicitadas para o certame. Na atualidade, a instituição deveria contar com 765 servidores, mas tem somente 615, ou seja, está quase 20% abaixo do contingente que precisaria para prestar um serviço mais eficiente. .

Último concurso da Aneel

O último concurso público realizado pela Aneel aconteceu no ano de 2010, tendo sido elaborado e aplicado pela banca organizadora Cebraspe, que era o antigo Cespe/UnB. Nessa edição, o processo seletivo ofereceu 186 vagas, em que 63 eram para analista administrativo, 47 para técnico administrativo e 76 para especialista em regulação. A validade do certamente se encerrou em 2014, o que faz com que a autarquia esteja sem cadastro válido para chamar novos profissionais para as vagas disponíveis.





Na época, os candidatos tiverem que responder uma prova composta por questões objetivas, totalizando 120 perguntas que compreendiam conhecimentos básicos e específicos de cada cargo ofertado. Além disso, quem concorreu à função de técnico administrativo também teve que fazer uma redação. Já os analistas e especialistas, também redigiram um texto e tiveram que responder mais duas questões discursivas e os seus títulos profissionais foram analisados e pontuados.

Ao ser aprovado no concurso público da Aneel, o profissional será contratado no regime estatuário, isso faz com que ele tenha estabilidade no seu emprego. A sede da Aneel está situada em Brasília, a mesma cidade em que os aprovados da última seleção foram alocados.

Sobre a Aneel

A Aneel é definida como uma autarquia que atua em regime especial, estando vinculada ao Ministério de Minas e Energia, tendo sido criada para promover a regulação do setor elétrico do Brasil, fazendo isso através da Lei nº 9.427/1996, e do Decreto nº 2.335/1997.

O início das atividades da Aneel se deu no mês de dezembro de 1997, sendo responsável por regular a geração, transmissão, distribuição e comércio de energia elétrica. O órgão também se incumbe de fiscalizar, de forma direta ou por meio de convênio com as instituições estaduais, as concessões, bem como as permissões e serviços de energia elétrica.

A Aneel ainda implementa políticas e diretrizes determinadas pelo Governo Federal relacionadas à exploração da energia elétrica, visando o aproveitamento dos potenciais hidráulicos. O órgão define tarifas, anula as diferenças, no âmbito administrativo, existentes entre os agentes e consumidores e realiza serviços de outorgas e concessão, permitindo e autorizando o funcionamento de empresas de energia elétrica, feitas a partir da delegação do governo.

Por Simone Leal

Concurso



Post Comment