Concurso TRT SP 2018 – Vagas, Inscrições



  

Concurso visa preencher 320 vagas de trabalho em diversos cargos.

O TRT (Tribunal Regional do Trabalho) de São Paulo divulgou o edital para seu concurso público 2018 com 320 vagas que serão divididas entre 25 cargos disponíveis na Instituição.

As vagas serão destinadas para contratação de Técnico Judiciário, nas áreas: Administrativa, Telefonia, Segurança, Tecnologia da Informação e Especialista em Enfermagem as quais os candidatos deverão ter escolaridade em ensino médio. Já os candidatos com ensino superior poderão concorrer a vagas de Analista Judiciário nas áreas: Judiciária, Administrativa, Contabilidade, Biblioteconomia, Serviço Social, Tecnologia da Informação, História. Haverá também cadastro de reserva.

Para se inscrever os interessados deverão acessar o site da realizadora do concurso, por meio do endereço eletrônico www.concursosfcc.com.br até as 14h do dia 21 de maio. O valor da taxa de inscrição para os cargos de nível médio é de R$ 80,00 e para os cargos de nível superior R$ 95,00. Os cargos de nível superior exigem Certificação no curso de Direito, reconhecido pelo MEC (Ministério da Educação).

A data prevista para realização das provas é o dia 22 de julho de 2018, sendo o período diurno dedicado a realizar as provas destinadas às vagas de Técnico Judiciário, e no período vespertino para os Analistas Judiciário. As provas constarão de avaliações objetivas e discursivas e os que concorrem aos cargos na área de Segurança ainda passarão por prova prática visando avaliar a capacidade física dos mesmos, por meio de teste de flexão de braços para ambos os sexos, teste de flexo-extensão de cotovelo e suspensão na barra para os candidatos do sexo masculino, teste abdominal e corrida, cuja etapa terá as informações pertinentes a data, local e horário divulgados posteriormente.

A remuneração inicial para os Analistas Judiciários é de R$ 11.006,83 e para Técnicos Judiciários R$ 6.780,53 e cumprirão jornada de trabalho de 40 horas semanais.





O concurso contará com reserva de 20% das vagas para candidatos declarados negros e 5% para PNE (Portadores de Necessidades Especiais).

COMO FUNCIONA O TRIBUNAL DO TRABALHO

O Tribunal Regional do Trabalho é o órgão responsável ligado ao TST (Tribunal Superior do Trabalho) e possui atuação de âmbito federal, atualmente o TRT é dividido em 24 regiões do país e tem em sua mesa compositora no mínimo sete juízes com idade que variam entre 35 e 65 anos que tenha exercido no mínimo 10 anos de atividade advocatícia na Justiça do Trabalho ou que sejam Membros do Ministério Público do Trabalho, também com necessidade de exercício profissional de dez anos, no mínimo.

O órgão é responsável pelo julgamento conflitos entre empregados e empregadores. Vale ressaltar que ambas as partes – empregado ou empregador – podem recorrer ao auxílio do Tribunal Regional do Trabalho, a fim de reparação de algum prejuízo causado. Os meios para oficialização de reclamação junto ao órgão, são: reclamação escrita devidamente orientado por um advogado ou sindicato, ou reclamação verbal: quando o reclamante dirigia-se à Vara do Trabalho, junto ao setor de Atermação e Reclamação e relata situações de conflito trabalhista, nesse caso, o reclamante deve comparecer munido de documento de identificação com foto e demais provas que comprovem o dano causado.

Atualmente, mais de 12 milhões de processos tramitam na Justiça do Trabalho, esses processos são avaliados por um corpo de mais de 450 mil advogados, 42 mil servidores e 4,7 mil magistrados que utilizam os sistemas eletrônicos e os processos continuam em crescimento ascendente a cada ano.

Por Bruna Luiz

Concursos



Post Comment