Concurso PC-MT 2018 acontecerá no Segundo Semestre




Edital do certame deve ser publicado apenas no segundo semestre deste ano.

Muitas pessoas que residem no estado do Mato Grosso têm se preparado para a realização do concurso público da Polícia Civil. Contudo, as informações mais recentes apontam que o edital de abertura do certame foi adiado para o segundo semestre de 2018. Quer saber mais? Continue lendo este artigo e fique atualizado.

É isso mesmo, acaba de ser comunicado que o edital de abertura do Novo Concurso Público da Polícia Civil do estado de Mato Grosso não será mais publicado nos próximos dias. Desse modo, os concurseiros de plantão terão que esperar um pouco mais.


A expectativa pela publicação do documento era grande em razão de que há alguns meses atrás, o então secretário de Segurança Pública do estado, o Sr. Gustavo Garcia, ter anunciado que no mês de março o edital de abertura do novo certame já estaria disponível para os interessados, assim como o período para realização das inscrições já estaria aberto, fato este que não ocorreu, mas que não desanimou os interessados em prestar o concurso que acreditavam que até o final deste primeiro semestre do ano de 2018 o documento estaria pronto.

O que a maioria dos interessados não sabia era o fato de que apesar de ter sido confirmada a realização do concurso, pelo próprio governador do estado, a autorização formal não foi realizada, o que significa que o projeto do concurso não avançou em nada, em questão de seus preparativos.

Para que o concurso possa ser de fato realizado é preciso que Pedro Tavares, atual governador do estado, dê autorização de forma formal, o que seria por meio de publicação de um documento no Diário Oficial.


A partir desta autorização é que o andamento na preparação do edital tem início, já que serão utilizadas as informações que constarem no documento em questão, como por exemplo, o número de vagas e cargos a serem disponibilizados no certame.

Após essa autorização uma empresa será contratada e se responsabilizará por toda organização e execução do concurso. O contrato deve acontecer de forma direta ou por meio de processo licitatório, o que necessita de uma maior espaço de tempo. Após esse passo o edital poderá ser publicado e as inscrições abertas.

Embora ainda não tenhamos a autorização oficial por parte do governo do Mato Grosso, tudo aponta que o concurso seja realmente realizado.

De acordo com as primeiras informações sobre o concurso, anunciadas pelo secretário de segurança no início deste ano, a previsão inicial é de que sejam disponibilizdas na concorrência o equivalente a 1.200 oportunidades.

Sendo que 50% do total de vagas seria para o cargo de escrivão e os outros 50% para o cargo de investigador. Ou seja, 600 vagas para cada função.

De antemão pode-se afirmar que poderão se inscrever para concorrer a uma das vagas a serem ofertadas no certame pessoas com formação de nível superior, de modo que não será exigido uma área específica de formação.
Aqueles que desejam se candidatar para uma vaga no cargo de investigador precisará possuir ainda Carteira de Habilitação nas categorias" C ou D".

Informações atualizadas apontam que um profissional que atue seja no cargo de escrivão ou de investigador da Polícia Civil possui uma remuneração inicial cujo valor é cerca de R$ 5.310,83, relacionado a uma jornada de trabalho semanal no total de 40 horas.

Ao que os fatos indicam, o concurso realmente deve receber autorização por parte do governo, uma vez que o último processo de seleção de novos servidores nestes cargos aconteceu no ano de 2013. De lá para cá muitas vagas surgiram em razão de aposentadorias e afastamentos eventuais.

Nesse sentido, os interessados em realizar este concurso podem continuar se preparando pois no início do segundo semestre o edital já deverá ser publicado.

Sirlene Montes

Post Comment