Concursos ES 2018 – Vagas no IASES

Concurso irá ofertar 53 vagas com salários de até R$ 4 mil.

Foi divulgado pelo Instituto de Atendimento Socioeducativo do Estado do Espírito Santo, o Iases/ES, que o órgão realizará um novo concurso público. Esse concurso visa ao preenchimento de 53 vagas em seu quadro de funcionários.

Processo seletivo foi autorizado no dia 26 de junho de 2018, pelo governador Paulo Hartung.

Do total de 53 oportunidades, 16 serão para candidatos de nível médio e 37 para candidatos de nível superior.

De acordo com o que foi informado pelo Instituto, os futuros aprovados contarão com remunerações iniciais de até R$ 4.443,60.

A divulgação do edital de inscrições está prevista para acontecer até meados do segundo semestre deste ano.

Após a autorização do governador Paulo Hartung, os próximos passos serão: decidir a comissão organizadora e contratar a banca que será responsável por aplicar as provas, só então a data liberação do edital será definida e informada.

O governador informou que esse novo concurso deverá reforçar áreas estratégicas do poder Executivo. Segundo ele, as contratações serão recomposições importantes para que o estado melhore sua capacidade de entregar respostas aos cidadãos. A partir dessa seleção, o conjunto de profissionais será reforçado tanto em áreas estratégicas do governo como no Iases, em atividades de ressocialização de jovens que necessitam de recuperação.

Além disso, Paulo Hartung disse ainda que o Poder Público deve equilibrar a arrecadação de custeio com investimentos. Ele diz que para cuidar de pessoas, o Poder Público deve estar com as contas organizadas. É necessário que se dê um passo de cada vez e de acordo com o tamanho da perna, procurando sempre o equilíbrio e fazer contas, pois é dessa forma que estão aumentando o nível de investimentos em relação ao ano de 2017.

Sobre as Vagas

Vagas para candidatos de Nível Médio:

Cargo: As 16 vagas, direcionadas para candidato de nível médio, serão para atuação no cargo de Assistente de Suporte Socioeducativo.

Requisitos: Ensino Médio.

Remuneração Inicial: O salário inicial para os aprovados nesse cargo será de R$ 1.825,82.



Benefícios: Será oferecido ainda o auxílio-alimentação, no valor de R$ 300,00.

Vagas para candidatos de Nível Superior:

Cargos: Do total de 37 vagas disponíveis, 15 vagas serão destinadas para o posto de Analista de Suporte Socioeducativo, 10 vagas serão destinadas para o cargo de Assistente Social Socioeducativo, 5 vagas serão destinadas para a função de Pedagogo Socioeducativo e 7 vagas serão destinadas para o cargo de Psicólogo Socioeducativo.

Requisitos: Será exigido dos candidatos que estiverem concorrendo ao cargo de Analista de Suporte Socioeducativo, formação nas áreas de administração, ciências contábeis, direito, economia ou jornalismo.

Para os que estivem concorrendo ao cargo de Assistente social, será cobrado o Ensino Superior completo no curso de serviço social, além do registro no conselho.

Para concorrer ao cargo de Pedagogo Socioeducativo, os candidatos devem ter bacharelado em pedagogia e registro no conselho.

Já para concorrer ao cargo de Psicólogo Socioeducativo, será necessário que os candidatos tenham o bacharelado em psicologia e registro no conselho.

Remuneração Inicial: O salário inicial para todos os cargos será de R$ 4.443,60.

Benefícios: Todos os aprovados contarão com auxílio-alimentação no valor de R$ 300,00.

Sobre o Órgão:

Instituto de Atendimento Socioeducativo do Espírito Santo, o Iases, teve início no ano de 1967. O órgão é uma autarquia jurídica de direito público interno, que possui autonomia tanto administrativa como financeira, é vinculada à Secretaria de Estado de Direitos Humanos (SEDH) e mantida pelo Governo do Estado do Espírito Santo.

O Iases é o responsável por gerir e executar medidas socioeducativas ao adolescente que possui algum conflito com a Lei do Estado, por meio de programas de atendimento em meio fechado, semiliberdade ou meio aberto.

Atualmente o Instituto possui 13 unidades no Espírito Santo, que contemplam as regiões Norte, Sul e Metropolitana.

Rosângela Rodrigues



Post Comment