Concurso para Técnico e Analista do MP-PE 2018

  

  

Inscrições serão recebidas até o dia 26 de outubro de 2018.

O Ministério Público do Estado de Pernambuco (MP-PE) lançou o edital do próximo concurso que visa prover vagas de nível médio e superior para seu quadro de servidores efetivos.

O documento foi publicado na última quarta-feira, dia 26 de setembro e oferece chances de remuneração de até R$ 4,8 mil para quem ingressar na carreira ministerial.


Mais de 20 chances foram anunciadas e haverá cadastro reserva.

Com boa remuneração e jornada de trabalho de 30 horas por semana, você não pode ficar de fora dessa grande oportunidade.

Confira mais detalhes sobre a seleção do MP PE a seguir.

  

Faça sua inscrição em outubro

Os interessados em realizar seu cadastro devem acessar o portal da Fundação Carlos Chagas (FCC), que a banca organizadora do concurso, para que preencham o formulário de inscrição no certame do MP PE.

A partir do dia 1º de outubro você já pode se inscrever. O prazo terminará na sexta-feira, 26 de outubro.

O candidato deve ainda imprimir e pagar o boleto no valor de R$ 75 para o cargo de nível médio e R$ 110 para as funções que exigem graduação completa.

Quem possui registro no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (Cad Único) ou quem for membro de família que recebe até três salários mínimos por mês pode solicitar isenção até o dia 5 de outubro (sexta-feira).

Total de 23 vagas no MP PE

O Ministério Público de Pernambuco oferece 10 vagas para o posto de analista ministerial e 13 para o cargo de técnico ministerial da área administrativa. Além disso, será formado cadastro reserva a fim de ocupar possíveis vagas que surjam durante os 2 anos de validade do concurso.

Para a função de técnico pode concorrer quem tiver concluído o ensino médio. Já para ser analista do MP PE é necessário ter diploma de graduação que seja emitido por faculdade ou universidade credenciada junto ao Ministério da Educação (MEC). Também é necessário que o candidato possua registro ativo no respectivo conselho de classe.

As áreas disponíveis para quem quer ser analista do MP de Pernambuco são: jurídica, pedagogia, arquitetura, engenharia civil, biblioteconomia, informática, medicina, serviço social, comunicação social – jornalismo, documentação e auditoria.

A remuneração é entre R$ 3,2 mil e de R$ 4,8 mil para técnico e analista, respectivamente.

Se você é portador de alguma deficiência pode concorrer às vagas especiais e, para isso, deve apresentar laudo médico e ser avaliado em perícia.

Há ainda oportunidades reservadas para cotistas negros e pardos.

Certame do MP PE é composto por 3 etapas

O concurso conterá 3 avaliações: 1) prova objetiva de conhecimentos básicos e específicos – com 50 quesitos, 20 e 30, respectivamente; 2) prova discursiva – entre 20 linhas e 30 linhas; 3) prova de títulos – exceto para os candidatos ao cargo de técnico ministerial – área administrativa.

Na prova de múltipla escolha as disciplinas de conhecimentos básicos a serem cobradas são: legislação específica sobre o MP de Pernambuco, matemática e raciocínio lógico, informática e português.

Na data prevista de 2 de dezembro (domingo), os candidatos devem responder às 50 questões, escreverem a redação e ainda preencherem o cartão de respostas em, no máximo, 4 horas de prova.

As avaliações dessas etapas ocorrerão na cidade de Recife. Pela manhã será para técnico e à tarde para analista.

Na última fase, você só marcará ponto se apresentar comprovante de que possui mestrado, doutorado ou especialização, juntamente com o histórico escolar.

Outros detalhes sobre o concurso do MP PE

O prazo de validade poderá ser prorrogado, caso o Ministério julgue oportuno e conveniente, a contar de quando for homologado e somente uma vez.

Confira o edital aqui.

Melisse V.

Post Comment