Concurso Previsto Agente Penitenciário SC 2019 – Edital em Breve





Novo concurso para Agente Penitenciário em Santa Catarina irá ofertar 600 vagas para Agentes Penitenciários.

Para as pessoas que já estão em processo de preparação para se inscreverem em um concurso público para o segundo semestre deste ano, saiba que diferentes certames já estão sendo divulgados por diversas organizações. Para quem está habituado a esse tipo de processo seletivo sabe que os comunicados acontecem com antecedência. E um dos últimos certames a ser divulgados é o que vai acontecer em Santa Catarina para a contratação de novos Agentes Penitenciários. A expectativa é que com esse processo admissional consiga-se contratar mais de 500 profissionais. Abaixo você encontra as informações a respeito deste concurso público.

Sobre as informações iniciais do novo concurso para a contratação de agentes penitenciários em SC

De acordo com algumas informações já veiculadas pelos responsáveis pelo certame, a intenção é incorporar ao todo 600 novos servidores. Além disso, um segundo ponto que merece atenção é que esse concurso encontra-se com a maioria dos dados definidos e em pouco tempo o edital deve ser publicado para que os interessados tenham acesso ao documento. Outra divulgação que deve acontecer em poucos dias é a respeito da banca organizadora nomeada para ajudar em toda a realização desse certame. Após essas confirmações, os interessados podem dar início a um processo de estudo mais direcionado e, consequentemente, aumentarem as chances de aprovação.




Inicialmente, já se sabe que para concorrer a uma das 600 colocações, os candidatos precisam ter um diploma de nível superior válido e também apresentar bons antecedentes, além de comprovar que não tem nenhum tipo de falta com a justiça eleitoral, por exemplo. Obviamente, que mais condições vão ser exigidas para a contratação das pessoas que forem aprovadas nas avaliações, mas inicialmente essas são as principais e elas precisam ser atendidas prontamente. As colocações são para ambos os sexos e os aprovados vão ser distribuídos por diferentes localidades do estado de Santa Catarina.

Análise do último certame para a contratação de agentes penitenciários em Santa Catarina

Enquanto esclarecimentos como a remuneração, os benefícios, a carga de horária ou as possíveis divisões em escala, a validade do certame, as localidades em que os contratados vão exercer suas atividades, os tipos de avaliações e outras não são comunicadas, é imprescindível realizar um estudo mais aprofundado sobre o último certame realizado para a contratação desse tipo de servidor.


O concurso mais recente aconteceu há seis anos, em 2013, e naquela época foram abertas 320 novas colocações. Sendo 300 para agentes penitenciários e 20 para agentes de segurança socioeducativo. Mas, no caso deste texto estamos tratando do certame para a admissão da função de agente penitenciário. Na ocasião, as ocupações foram divididas da seguinte forma: 30 cargos para representantes do sexo feminino e 270 para os do sexo masculino. As oportunidades foram fracionadas para regiões como: Vale do Itajaí, Florianópolis, dentre outros.

Com relação às fases seletivas, os inscritos participaram de cinco etapas distintas, sendo elas:

– 1ª etapa: avaliação de múltipla escolha. A prova tinha 70 questionamentos ao todo e as perguntas foram divididas da seguinte maneira: 30 para conhecimentos gerais (10 para direitos humanos, 10 para informática e 10 para língua portuguesa). E cobraram ainda 40 perguntas sobre assuntos específicos (02 para direito processual penal, 02 para direito penal, 06 para direito administrativo, 10 para legislação do estado, 10 para direito da criança / adolescente e 10 para direito constitucional). Os participantes puderam optar um entre cinco municípios para realizarem essa fase inicial.

– 2ª etapa: exame para verificar aptidões físicas dos participantes.

– 3ª etapa: avaliação psicológica.

– 4ª etapa: exame toxicológico.

– 5ª etapa: triagem e investigação social dos inscritos.

Apenas a primeira etapa teve caráter classificatório e eliminatório, as demais fases todas tiveram apenas eliminatório. Os aprovados ainda precisaram passar por uma formação especializada para poder exercer o cargo de agente. A carga horária era de 40 horas por semana, a remuneração era superior a R$ 3.000,00 o concurso tinha validade de 24 meses e o agente poderia ter o seu contrato prorrogado por mais 24 meses. A banca organizadora eleita na época foi a Fundação de Estudos e Pesquisas Socioeconômicos (FEPESE), que é uma instituição ligada à Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Para saber qualquer novidade sobre esse certame previsto para o segundo semestre de 2019 visite: https://www.sc.gov.br.

Por Isabela Castro

Concurso

Post Comment