Concurso do TJ-BA oferece 1.383 Vagas em Concurso Público

Vote nessa matéria: 1 estrela2 estrelas3 estrelas4 estrelas5 estrelas6 estrelas7 estrelas8 estrelas9 estrelas10 estrelas

     





Tribunal de Justiça do Estado da Bahia (TJ-BA) reabriu o prazo de inscrições para o concurso público regido pelo edital de n° 01/2013. O certame destina-se ao provimento de 1.383 vagas na área de outorga das delegações de notas e registros. É exigido dos candidatos a formação em Direito (bacharelado) ou experiência de dez anos em função de serviços notariais ou de registros. Do total de vagas, 5% são destinadas aos candidatos portadores de necessidades especiais.

Os interessados podem realizar suas inscrições no endereço eletrônico www.cespe.unb.br. O prazo de inscrições é de 7 de janeiro a 5 de fevereiro de 2014. Haverá cobrança de taxa de participação no valor de R$ 200 para cada opção feita pelo candidato.

Todas as fases do certame serão realizadas na cidade de Salvador (BA). O certame será composto de seis fases. A primeira e a segunda referem-se à prova objetiva de seleção e prova escrita e prática. A terceira etapa refere-se à comprovação de requisitos para outorga das delegações. As próximas etapas serão o exame psicotécnico, a entrega dos laudos neurológico e psiquiátrico, a entrevista pessoal e a investigação de vida pregressa. A quinta e sexta etapas referem-se à prova oral e avaliação de títulos. A prova objetiva será aplicada provavelmente no dia 6 de abril de 2014.

A segunda etapa do certame será aplicada provavelmente no dia 8 de junho de 2014, no turno da manhã e da tarde, conforme o cargo pretendido. Os locais e os horários de realização da prova objetiva de seleção serão publicados no site da organizadora do certame, a partir do dia 28 de março de 2014, através do site www.cespe.unb.br.

O certame será válido por dois anos, contados a partir da data de homologação dos resultados, podendo ser prorrogado por mais dois anos, a critério da instituição.

edital completo está disponível no site www.cespe.unb.br.

Por Robson Quirino de Moraes

Materiais didáticos recomendados:


Participe! Deixe um comentário sobre esta matéria.

Quer realizar um comentário?

*





RSS RSS (comentáos)