Concurso MPU 2017 – Seleção deve Ocorrer no Segundo Semestre



  

Seleção deverá ofertar vagas de nível médio. Salários podem chegar a R$ 7 mil.

O Concurso do MPU (Ministério Público da União) deve movimentar o segundo semestre com ótimas oportunidades.

Com a publicação no dia 08 de Março no Diário Oficial da União, da Portaria que autoriza e cria a comissão para o Concurso Público do MPU, tendo sido o documento assinado pelo Procurador Geral, Rodrigo Janot Monteiro de Barros, surge grande expectativa de excelentes oportunidades para aqueles que possuem o nível médio completo.

A comissão aprovada irá atuar na escolha da organizadora e na elaboração dos dados para publicação e divulgação do edital de realização do concurso.

Este concurso é bastante esperado pelo pessoal que vem se preparando para grandes concursos públicos e a informação oficial é de que serão ofertados salários atrativos sendo R$ 7.260,41 para o cargo de técnico administrativo (nível médio) e de R$ 11.345,90 para o cargo de analista de Direito (graduados na área).

Além dos bons salários e da estabilidade, o MPU oferece uma ampla cartela de benefícios, tais como o auxílio-alimentação no valor de R$ 884 (já somado nas remunerações mencionadas acima), auxílio-transporte e assistência pré-escolar de R$ 699. Há direito ainda a gratificações como de Atividade do Ministério Público da União (GMPU) – já somada nas remunerações mencionadas acima – e de Qualificação e Treinamento (GQT).





Na Lei de Orçamento Anual há a previsão de contratação de 681 servidores, mas por enquanto, ainda não há informação sobre a quantidade de vagas que deverão ser disponibilizadas, porém, segundo dados obtidos no portal da transparência, a instituição tem 1.762 cargos vagos.

As notícias dão indícios de que o edital de abertura sairá em meados de agosto, quando finda a validade do último concurso realizado para o órgão.

Para quem vai começar a estudar agora vale a pena investir um pouco de tempo e buscar informações sobre certames passados, tendo sido os três últimos realizados pela Cespe/Cebraspe, sendo esta a mais temida pelos concurseiros, devido ao seu método de avaliação, onde para cada questão incorreta, anula-se uma correta. As provas tiveram 120 questões de Conhecimentos Básicos e Específicos.

Agora vale a pena ficar de olho e começar e intensificar a preparação e focar nos estudos, já que com tantos benefícios e tantas pessoas buscando uma oportunidade na carreira pública, a concorrência deverá ser ampla e todo mundo quer sair na frente e ter uma chance de se empregar junto ao maior órgão de fiscalização do Brasil.

Por Evelize da Silva



Post Comment