Concurso Superior Tribunal Militar (STM) 2017 – Vagas para Técnico e Analista



  

Concurso oferecerá 23 vagas imediatas, mais cadastro de reserva.

O Superior Tribunal Militar (STM) divulgou recentemente que estará realizando um novo concurso para candidatos interessados em fazer parte do quadro de profissionais da Justiça Militar da União. Segundo as informações que foram divulgadas pelo departamento de imprensa do STM, a previsão é de que a publicação do edital saia na segunda metade de 2017.

Com relação às vagas oferecidas, a informação que temos até o momento é de que serão disponibilizadas 23 oportunidades. Também haverá a formação de cadastro de reserva. Entretanto, o número de vagas poderá aumentar, isso porque já estão previstas diversas aposentadorias no órgão.

O concurso STM 2017 irá oferecer oportunidades de emprego para a sede do órgão que se encontra situada em Brasília (DF). Também estão previstas chances para as Auditorias, neste caso, as vagas são para a Primeira Instância distribuídas por todo o Brasil.

Cargos que serão contemplados no Concurso STM 2017

A expectativa é de que o edital seja lançado contando com oportunidades para a carreira de técnico judiciário, de analista judiciário e analista judiciário na função de oficial de justiça.

Os candidatos interessados em concorrer para as oportunidades de técnico precisam contar com formação completa de nível médio. Já a formação de nível superior é exigida para analista.

Salários oferecidos





Ainda segundo as informações da assessoria de imprensa do órgão, os salários iniciais deverão ser correspondentes ao valor de R$ 6.167,99 para técnico, na faixa de R$ 10.119,93 para analista e de R$ 11.822,80 para oficial.

Último concurso STM

Em 2010, o STM realizou um concurso público. Desta data até agora não foram realizadas mais seleções. Na época foram oferecidas aos interessados 106 vagas que estavam sendo distribuídas entre funções de técnico e de analista.

Os profissionais selecionados nessa ocasião foram direcionados para atuação na Secretaria do Superior Tribunal Militar (Brasília-DF), assim como para o Quadro Permanente das Auditorias, que se encontram distribuídas entre vários estados do Brasil.

A organização técnica-administrativa nessa ocasião acabou ficando por conta da Cespe/UnB. O processo de seleção contou com provas objetivas (todos os cargos), provas discursivas e testes físicos. Algumas dessas etapas eram específicas para algumas funções.

Entre as cidades que ofereceram vagas tínhamos São Paulo, Campo Grande, Brasília, Salvador e Belém.

Por Denisson Soares



Post Comment