Concurso TJ AL 2018 – Vagas




Certame ofertará 131 vagas em cargos de Técnico e Analista Judiciário.

Se você estuda para ser aprovado em um concurso de tribunais, saiba que no estado de Alagoas, o Tribunal de Justiça (TJ AL) publicou edital para seu próximo certame. São oferecidas mais de 100 vagas para profissionais com escolaridade de nível superior e médio. Confira mais detalhes sobre o processo seletivo a seguir.

Inscrições

Os interessados devem acessar o site para efetuarem seu cadastro no certame do TJ AL. O prazo terá início no dia 8 de janeiro de 2018 (segunda-feira) e se estende até o dia 15 de fevereiro (quinta-feira). As taxas custam entre R$ 80 e R$ 100 e devem ser pagas em qualquer banco até o dia 16 de fevereiro. Os candidatos que morarem a no mínimo 2 anos no estado do Alagoas e comprovarem hipossuficiência de recursos financeiros e sejam doadores regulares de sangue poderão solicitar isenção do pagamento.


A banca responsável por organizar o concurso do TJ AL é a Fundação Getúlio Vargas (FGV).

Oportunidades disponíveis

O edital, publicado no diário da justiça na quarta-feira, 20 de dezembro, anunciou o concurso para provimento de 131 vagas, sendo 100 para a função de técnico judiciário da área judiciária e 31 para analista judiciário das seguintes especialidades: oficial de justiça avaliador, área judiciária e apoio especializado em estatística.

Além disso, há chances exclusivas para quem tem necessidades especiais e para quem se autodeclara negro ou pardo. Haverá ainda formação de cadastro reserva.


A remuneração para os iniciantes na carreira de técnico é de R$ 2.550,96. Já para o nível superior, o salário é de R$ 5.101,92. Para todos os cargos, a jornada de trabalho é de 30 horas por semana.

O técnico judiciário tem por atribuição: criar e manter banco de dados, digitalizar documentos, elaborar minutas e relatórios, atender público interno e externo, entre outras atividades.

O oficial de justiça é responsável por atribuição: cumprir mandados judiciais, aplicação e execução dos métodos consensuais de solução de conflitos, entre outras tarefas.

Etapas do concurso

Os concorrentes serão avaliados nas seguintes etapas: 1) Prova Escrita Objetiva – sendo 80 questões para os candidatos aos cargos de nível superior e 100 quesitos de múltipla escolha para os de nível médio. Cada questão terá 5 alternativas; 2) Prova Discursiva – somente para os cargos de nível superior e será composta de duas questões, valendo 10 pontos cada uma delas; 3) Comprovação de Sanidade Física e Mental – de caráter eliminatório e aplicável para todas as funções.

A data prevista para aplicação das provas objetivas e discursivas é no dia 25 de março (domingo) na cidade de Maceió, capital do estado, das 8h até as 13h para o cargo de analista e das 15h às 19h para o cargo de técnico judiciário.

Na prova de múltipla escolha para o cargo de técnico serão cobrados assuntos das seguintes disciplinas: português, legislação específica do estado de Alagoas, noções de direito civil, noções de direito administrativo, noções de direito processual civil, direito constitucional, direito penal e processo penal.

Mais detalhes sobre o certame do TJ AL

O processo seletivo será válido por 2 anos, podendo ser prorrogado por mais 2, a contar da homologação e a critério do Tribunal de Justiça do Estado de Alagoas.

Para tomar posse é necessário estar em dia com as obrigações militares e eleitorais, estar em pleno gozo dos direitos políticos, ter nacionalidade brasileira, possuir mais de 18 anos de idade, não possuir antecedentes criminais e apresentar diploma do nível médio ou da graduação.

Não deixe essa oportunidade passar. Acesse o site da FGV (fgvprojetos.fgv.br/concursos/tjal) para conferir mais informações no edital do processo seletivo e para efetuar sua inscrição.

Aproveite essa chance.

Por Melisse V.

Concurso

Post Comment