MP-PB – Novo Concurso para Promotor 2018



Seleção deve ofertar cerca de 10 vagas. Edital deverá ser divulgado em maio.

O Ministério Público do Estado da Paraíba vai publicar no seguinte mês de maio o edital para o seu próximo concurso público, que visa renovar a cota de promotores na instituição.

Tudo o que se sabe até agora é que, no início, vai haver uma oferta de até dez vagas. Nesse sentido, os postos de cargos podem ser preenchidos apenas pelos aprovados que possuírem formação em nível superior na área do Direito. Somado a isso, acredita-se que, de início, a remuneração do funcionário é de aproximadamente R$ 25.000.



Sendo assim, se o caro leitor é um dos muitos que sempre tiveram o sonho de ocupar um cargo público como promotor, ou tem conhecimento de outra pessoa com esse mesmo desejo, saiba que a hora certa chegou, e é agora. Dessa forma, para saber mais e ter acesso a outras informações, o texto a seguir pode ser de grande ajuda, ao mesmo tempo que servirá para esclarecer os futuros participantes quanto as novidades que surgirem a respeito do concurso público do Ministério Público, cujo edital será publicado em maio.

Então, pode aguardar, pois ao longo do mês de maio, o Ministério Público da Paraíba deve realizar a publicação do edital do novo concurso público. Durante o planejamento realizado pelo MP, concluiu-se a necessidade de abrir cerca de dez vagas para os cargos de promotor.

Dessa maneira, nos dias que se passaram, a primeira etapa, para que o certame realmente possa se realizar, foi vencida com sucesso. Isto é, assim que uma comissão representando o MP e constituída por pessoas das mais distintas áreas de atuação profissional, reuniram-se para escolher a banca organizadora, ou seja, a instituição. Com isso, ficou decidido entre os representantes que a comitiva responsável por realizar todas as etapas de classificação, fica sendo a Fundação Carlos Chagas.



Nesse contexto, a partir de então, é necessário que seja assinado um contato entre os órgãos interessados, ou seja, o MP/PB e a banca organizadora, o que não deve tardar a ocorrer, já que existe um tempo determinado para que os exames avaliativos sejam aplicados e os aprovados possam ser convocados. Dessa maneira, assim que mais essa barreira for ultrapassada, o edital terá uma data estabelecida para ser publicada e, dessa forma, todos poderão saber a data em que a aplicação do primeiro teste vai acontecer, e, principalmente quando será dado início as inscrições do concurso público.

Despertou o interesse em participar desse concurso público? Quer saber mais? Bom, sem a publicação do edital no Diário Oficial,não se pode garantir que as informações a seguir sejam oficiais. No entanto, até o momento, o que se sabe é que aproximadamente dez vagas vão ser oferecidas para os participantes. Dessa maneira, para concorrer a um desses postos de trabalho, é preciso que o candidato saiba de todos os critérios exigidos pela organizadora responsável, para que o candidato assegure a sua participação.

É o caso, por exemplo, da necessidade de ter formação em nível superior no curso de Direito, assim como, possuir o registro da OAB e, no final, ter experiência de, no mínimo três anos, exercendo alguma função de cargo jurídico.

A procura pelas inscrições desse concurso provavelmente será grande, uma vez que o sonho de muitos graduandos do curso de Direito é justamente dedicarem-se a prestar provas como esta, a fim de conseguirem ocupar uma carga de servidor público. Isso está acontecendo cada vez mais, pois não é novidade para ninguém que o Brasil ainda passa por uma grave crise econômica, fazendo com que inúmeros brasileiros estejam desempregados. Dessa forma, cresce a visão de que por meio de processos seletivos estaduais, em que o aprovado fica efetivado, mesmo que por tempo determinado, é uma grande vantagem, que garante ao trabalhador certa estabilidade financeira e profissional.

Ana Paula Oliveira Coimbra

Post Comment