Previsão do Concurso da PF 2018




Confira aqui as últimas novidades sobre o novo concurso público da Polícia Federal 2018.

No dia 20 de abril, foi autorizado o novo concurso público para a Polícia Federal e desde então a publicação do Edital vem sendo aguardada.

O concurso visa ao preenchimento de 500 vagas e a expectativa é de que ele seja divulgado até o meio do mês de junho. Essa expectativa foi gerada após um pronunciamento do ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, informando que apesar da autorização para esse concurso público determinar um prazo de 6 meses, para a divulgação dos documentos, ele pretende agilizar esse processo de publicação.


Desse total de 500 vagas que foram autorizadas, 150 vagas serão para o posto de delegado, 60 vagas serão para o cargo de perito criminal, 80 vagas para o cargo de escrivão, 30 vagas serão para o cargo de papiloscopista e 180 para o posto de agente.

O ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, informou ainda que o orçamento para a pasta desse ano de 2018 será de R$ 2,7 bilhões e que, conforme foi decidido durante uma reunião com o Ministério do Planejamento, não terá contingenciamento das verbas para Policia Federal.

O principal objetivo do novo ministério, em relação a abertura de um novo concurso público, para preenchimento de vagas na Policia Federal, está relacionada com a Medida Provisória que foi criada no dia 27 de fevereiro, visando ao combate à criminalidade em parceira com os demais estados.


O ministro, Raul Jungmann, além do comando da Polícia Federal, responde também pelo comando da Polícia Rodoviária Federal, que assim como a Polícia Federal, também teve o concurso público autorizado para preenchimento de 500 vagas, pelo comando da Força Nacional e do Departamento Penitenciário Nacional o Depen, que antes eram vinculados com o Ministério da Justiça.

Apesar da autorização ter ocorrido somente no mês de abril, no dia 18 de janeiro, Fernando Segóvia, o então diretor-geral da Polícia Federal já havia dito que o presidente Michel Temer tinha garantido que o concurso seria autorizado.

Além disso, segundo o decreto presidencial de número 8.326, do ano de 2014, a Polícia Federal pode dar início a um novo concurso público, para preenchimento de seu quadro de servidores, toda vez que constatar que há uma defasagem de pelo menos 5% no quadro.

Nesse contexto, o concurso pode ser iniciado sem a necessidade de uma autorização prévia do Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, o MPDG, porém, mesmo assim é necessário que o órgão aguarde a confirmação do MPDG em relação a verba disponível, para a realização das contratações.

Sobre os últimos Concursos

Para Agente

O último concurso público para a Polícia Federal, para o cargo de agente, aconteceu em 2014. Nesse ano foi registrado 98.101 inscritos para concorrer à uma das 600 vagas disponíveis.

Para escrivão

O último processo seletivo, para o preenchimento de postos de escrivão, aconteceu no 2012 e contou com 83.619 inscritos, que concorreram à uma das 350 vagas disponíveis.

Para perito e delegado

Em 2012, também foi feita uma seleção para as vagas de perito e delegado.

Para o posto de perito, a oferta foi de 100 vagas, já para o cargo de delegado, foi de 150 vagas.

Ao todo, foi registrado 35.800 inscritos que concorreram para o cargo de perito e 46.633 para o posto de delegado.

Os interessados em participar do concurso público, devem ficar atentos a futuras publicações. Ainda deve ser publicada, nos próximos dias, o nome da Banca Organizadora e os nomes dos membros que vão compor a comissão.

Após essas confirmações, o Edital será divulgado e os interessados devem lê-lo por completo, para obter informações mais detalhadas sobre as vagas, provas, documentação necessária, processo de inscrições, entre outras.

Rosângela Rodrigues

Post Comment