Concurso TJ MG 2018 – Inscrições, Vagas

Certame oferta 92 vagas de emprego, sendo 62 direcionadas para o ingresso por provimento e 30 por remoção.

Você é concurseiro e está em Minas Gerais? Então, já pode comemorar, pois o Concurso Público TJ-MG 2018 está bem próximo de acontecer. O certame tem como objetivo selecionar 92 novos funcionários para outorga de delegações. Os interessados em ocupar os cargos disponíveis já podem se inscrever desde o dia 17 de maio.

As oportunidades são voltadas para as pessoas com formação no Ensino Superior. O processo seletivo será composto por cinco etapas diferentes, que possuem caráter eliminatório e classificatório, visando aprovar os candidatos com o perfil mais adequado para o órgão.

Confira abaixo, tudo que você precisa tudo que você precisa saber sobre o Concurso Público TJ-MG!

Vagas oferecidas

A finalidade da seleção é preencher 92 postos, sendo que 62 são direcionadas para o ingresso por provimento e 30 por remoção, ou seja, para os profissionais que já contam com uma outorga de delegação e querem transferência para outra.

Se a sua intenção e ingressar a partir das oportunidades de provimento, a instituição exige obrigatoriamente formação superior na área de Direito, ou já ter completado 10 anos exercendo a função até a data em que foi feita a primeira publicação do edital do concurso, tendo serviço de registro ou notarial. Também é preciso fazer a comprovação de que você tem uma conduta considerada digna para exercer a atividade delegada.

Em se tratando das vagas por remoção, os candidatos têm que estar atuando a titularidade da sua profissão em outra delegação, de registro ou notas, se limitando ao Estado de Minas Gerais. Nesse caso, é necessário estar exercendo o cargo por mais de dois anos consecutivos, completados até a publicação do edital, e comprovar a sua conduta idônea para o exercício da função.

Como será o concurso

Os candidatos às vagas do Concurso Público TJ-MG terão que passar por cinco fases diferentes. Em primeiro lugar, eles serão submetidos a uma prova objetiva, que é estruturada em 100 perguntas de múltipla escolha. As disciplinas trabalhadas no teste incluem Direito Constitucional, Registros Públicos, Direito Administrativo, Direito Comercial, Direito Processual Civil, Direito Civil, Direito Processual Penal, Direito Tributário, e Conhecimentos Gerais.



Conforme informado pela banca organizadora, a avaliação vai ocorrer na capital de Minas Gerais, Belo Horizonte, com uma duração máxima de cinco horas. Para as vagas de remoção, o teste acontece no dia 25 de agosto e no dia 26 para os cargos de provimento.

Os concurseiros devem ficar atentos aos locais e horários em que a prova será aplicada, visto que essas informações ainda serão divulgadas diretamente no site do TJMG e Consulplan.

Após passar no exame objetivo, os candidatos terão que fazer uma prova escrita e prática, a fim de atestar as suas habilidades para a vaga pleiteada. Na sequência, há que se comprovar os requisitos para atuar na outorga de delegação, realizar uma prova oral e, por fim, exige-se a comprovação de títulos.

Como se inscrever

Para quem quer participar do concurso público do TJ-MG, a inscrição deve ser feita do dia 17 de maio até o dia 15 de junho às 16h, diretamente no site da banca organizadora do certame, a Consulplan (www.consulplan.net). Ao entrar na página, selecione o concurso do seu interesse, acesse a ficha cadastral e forneça os seus dados pessoais, profissionais e de contato.

Após se inscrever é preciso arcar com uma taxa de participação, cujo valor é de R$ 250,00 para os dois tipos de critérios abertos. O pagamento do seu boleto bancário tem que ser feito até o dia 18 de junho de 2018, do contrário a sua candidatura será cancelada e você não poderá participar da seleção.

Por Simone Leal

Concurso



Post Comment