Concurso SEDEST 2019 – Vagas Abertas





Certame tem 1.903 vagas e inscrições vão até o dia 24 de janeiro de 2019.

O Diário Oficial do Distrito Federal divulgou no final do mês de novembro alguns editais para o concurso da SEDEST (Secretaria de Estado do Trabalho, Desenvolvimento Social, Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos).

Segundo as informações desses editais, haverá oferta de 1.903 vagas abertas. Mas somente 314 vagas (16,5% do total) serão efetivas, enquanto 1.589 vagas (83,5% do total) serão para cadastro reserva, tendo o (a) candidato (a) que ficar aguardando para ser chamado (a) quando a instituição necessitar.




O concurso será organizado pelo IBRAE (Instituto Brasil de Educação). As provas terão duração de 4h30 (com exceção de Educador Social) e a data prevista para a realização é no dia 24 de março de 2019. A prova acontecerá no período da manhã, iniciando-se às 08h30 e estendendo-se até 12h30.

As provas objetivas e discursivas para quem quer ser Educador Social também terão duração de 4h30. A diferença é no horário: serão aplicadas no período da tarde, indo das 14h30 às 19h do mesmo dia.


Para obter mais informações referentes às datas e horários das aplicações das provas acesse o site do IBRAE clicando aqui: www.ibrae.com.br.

Vamos explicar aqui o que cada um desses editais tem como objetivo:

  • O primeiro deles está ofertando 102 vagas, das quais 17 serão para efetivação e 85 serão para o cadastro de reserva para o cargo de Técnico em Assistência Social.
  • O segundo edital está ofertando 110 vagas efetivas e formação de cadastro de reserva de 550 vagas para o cargo de Técnico em Assistência Social.
  • O terceiro edital oferece 168 vagas efetivas e mais 840 vagas para cadastro reserva. As vagas são destinadas para o cargo de Especialista em Assistência Social.

Cargos do Concurso

Nome: Técnico em Assistência Social

Horas de trabalho por semana: 30 horas

Salário por mês: R$ 2.600

Atribuições: As atribuições de: um Técnico em Assistência Social são referentes à execução de atividades técnico-administrativas que são ligadas ao apoio de pesquisa, planejamento, carreiras, arquivo e modernização.

Requisitos: Se você está com essa vaga em vista e não tem graduação em Ensino Superior não se preocupe! O único requisito é ter completado o Ensino Médio e apresentar o seu histórico escolar na data da possa da vaga.

Nome: Técnico em Assistência Social – Ação como Agente Social

Horas de Trabalho por semana: 30 horas

Salário por mês: R$ 2.600

Atribuições: Para esse cargo será necessária a execução de atividades técnicas nas diversas unidades de assistência social.

Requisitos: Se você deseja ocupar esse cargo será necessário a apresentação de comprovante de conclusão do Ensino Médio em uma escola reconhecida pelo MEC.

Nome: Técnico em Assistência Social – Função de Cuidador Social

Horas de Trabalho por semana: 30 horas

Salário por mês: R$ 2.600

Atribuições: Nesse cargo você irá executar atividades técnicas e operacionais relacionadas à assistência e proteção social lidando com crianças, adolescentes, famílias, idosos e pessoas com deficiência. Essas pessoas ficarão sob os seus cuidados.

Requisitos: Para exercer essa função é requerido que você tenha concluído o Ensino Médio em uma escola reconhecida pelo MEC.

Nome: Especialista em Assistência Social – Educador Social

Horas de Trabalho por semana: 30 horas

Salário por mês: R$ 3.599,70

Atribuições: Para exercer esse cargo você deverá desempenhar um papel de planejador (a), coordenador (a), avaliador e terá que executar algumas atividades que demandam conhecimentos específicos no ramo da Educação no que tange à educação social. Você atuará em várias unidades do órgão.

Requisitos: Diferente dos requisitos das vagas anteriores, esse cargo requer que você tenha completado um curso de graduação em qualquer área contato com seja licenciatura plena e que a instituição de ensino seja reconhecida pelo MEC.

Nome: Especialista em Assistência Social – Direito e Legislação

Horas de Trabalho por semana: 30 horas

Salário por mês: R$ 3.599,70

Atribuições: Para exercer esse cargo você terá que executar vários tipos de atividades. Entre elas, atividades de planejamento, coordenação, supervisão, avaliação e execução de atividades que demandam conhecimentos específicos em Direito. Com esses conhecimentos você será capaz de orientar e assessorar as unidades do órgão e as famílias e indivíduos assistidos pelo SUAS (Sistema Único de Assistência Social).

Requisitos: Assim como o cargo acima você deverá apresentar comprovação de graduação. Nesse caso tem que ser no curso de Direito e a instituição tem que ser reconhecida pelo MEC. O lado bom é que não é necessária a inscrição na OAB (Ordem dos Advogados do Brasil).

Para mais informações sobre o concurso clique aqui (www.ibrae.com.br/portal/processoSeletivo?ps=21) e veja informações diretamente no site da IBRAE.

Para informações sobre o passo a passo para fazer a inscrição clique aqui – www.ibrae.com.br/publicacao/9ynH7oNfZMQQdOZrdWJGoNCUE.pdf.

Por Bruno Rafael da Silva

Concurso

Post Comment