Concurso DP DF 2019 – Vagas Abertas





Concurso tem vagas abertas para Defensor Público.

Novo edital de certame público de grande vulto está oficialmente publicado. Trata-se do processo de seleção destinado ao cargo de Defensor Público no órgão da Defensoria Pública de Brasília (Distrito Federal). Serão 12 postos de trabalho estáveis em aberto, além da formação do cadastro reserva. A remuneração inicial está no valor de 24 mil reais.

Deste modo, o período de inscrição iniciará a partir do dia 24 do mês de abril de 2019, estendendo-se até o dia 13 do mês de maio de 2019. Todas as pessoas interessadas em participar deste processo de seleção, deverão cadastrar-se por meio do site oficial do Centro Brasileiro de Pesquisa para Avaliação e Seleção e na Promoção de Eventos, ou Cebraspe. O valor da taxa de inscrição está no valor de 170 reais, que deverá ser quitado pelo boleto, no máximo, até o dia 15 do mês de maio de 2019.




Este processo de seleção está estruturado no seguinte itinerário:

A fase primeira será a da realização da prova objetiva, que consistirá em um caderno com 200 questões, cuja resolução deverá se dar em cinco horas, e será ministrada no dia 23 do mês de junho de 2019, sendo esta a parte do exame de tipo eliminatório e classificatório. O conteúdo programático é o seguinte:

Matéria de Direito Constitucional; de Direito Administrativo; de Direito Penal; de Direito Processual Penal; de Direito Civil; de Direito Empresarial; de Direito Processual Civil; de Direito do Consumidor; de Direitos Difusos e Coletivos; de Direito da Criança e Direito do Adolescente; de Direitos Humanos; de História, em Organização, em Princípios e demais Normas Institucionais do órgão da Defensoria Pública e da Defensoria Pública do Distrito Federal; em Criminologia; em Filosofia Jurídica; em Sociologia Jurídica. Outras matérias abrangem:


A realidade étnica; realidade social da história; da geográfica; da cultura; da política e da econômica no Distrito Federal, incluindo a Região Integrada para o Desenvolvimento da Capital Federal e seu entorno, a RIDE.

Matérias em: Lei Orgânica do DF; na Lei Complementar Distrital de número 828, de 2010; na Lei Complementar Distrital de número 884, de 2014; na Lei Complementar Distrital de número 908, de 2016 e na Lei Complementar Distrital de número 840, de 2011.

A fase segunda será realizada dois dias após as provas, e está estruturada em duas etapas internas, que consistirão em provas discursivas, das quais a primeira será uma peça e a segunda consistirá em quatro questões, sendo de tipo eliminatório e classificatório, abrangendo as seguintes matérias:

Etapa primeira – em matéria de Direito Constitucional; de Direito Administrativo; de Direito Penal; de Direito Processual Penal e de Direitos Humanos.

Etapa segunda – em matéria de Direito Civil; de Direito Processual Civil; de Direito da Criança e Direito do Adolescente; de Direitos Difusos e Direitos Coletivos e de Direito do Consumidor.

A fase terceira consistirá na realização de prova oral dentro do prazo de trinta minutos, dos quais 10 minutos reservados a cada grupo de participantes, somente em caráter eliminatório. As matérias são:

De Direito Constitucional; de Direito Administrativo e de Direitos Difusos e Direitos Coletivos; matéria de Direito Civil; de Direito do Consumidor e de Direito Processual Civil; matéria de Direito Penal; de Direito Processual Penal e matéria de Direitos Humanos.

Todas as pessoas classificadas na fase terceira comporão um grupo de no máximo 150 concorrentes, já que 120 serão para a ampla concorrência e os demais 30 candidatos estarão na categoria de pessoas com deficiência.

A quarta fase consistirá na necessária avaliação dos títulos, sendo somente classificatória.

Por Paulo Henrique dos Santos

Concurso

Post Comment