Horror em Larissa com médico preso por negligenciar sua filha de 3,5 anos no carro

Um novo caso veio à tona e diz respeito a um médico que foi preso Imoralidade Ele supostamente agrediu sexualmente sua filha de 3,5 anos em seu carro.

Em particular, investigações policiais preliminares revelaram que na sequência de um telefonema da ONG “Sorriso de uma Criança”. O arguido, que estava sozinho no carro com a filha menor, nascida em Larissa em novembro de 2020, teria tido relações sexuais com ela.. Em particular, ele teria usado a mão da filha menor no pênis até ejacular.

A intimação foi apresentada pela mãe do menor e sua ex-mulher contra o acusado no mesmo dia porque em 27 de fevereiro de 2024 ele o devolveu às 14h em vez das 10h, horário mencionado na Lei de Consenso. Acordo de casamento e custódia e dissolução de pensão alimentícia.

O arguido foi encontrado por agentes da polícia em Stomio Larissa, à porta de sua casa com a filha menor, foi recolhido e detido, sendo levado ao Ministério Público Philomeliotiki Katerinis com o processo contra ele.

A criança foi examinada na presença de um psicólogo infantil, que, de acordo com o disposto no artigo 227 do CPC, foi designado para emitir perícia pediátrica. Ao mesmo tempo, foi ordenado um exame forense da menina.

O carro foi levado para análise de material biológico.

Um celular foi apreendido com a pessoa e apreendido para exames laboratoriais.

READ  G. Babiniotis em Proto: Fim do Pan-helênico - Admissão em Universidades com Diploma (áudio).

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *