'Seremos um adversário difícil para todos'

O Olympiacos recebe o Willerbon para a 31.ª jornada da Euroliga e Giorgos Bartzokas falou antes do jogo com os franceses no Estádio da Paz e Amizade (21/3, 21h15, Novasports 4, Match Center do SPORT24).

Paz e simpatia aguardam o Olympiacos Villerban no pano de fundo da 31ª jornada da EuroLeague e Giorgos Bartzokas falou com os jogadores franceses antes do jogo de amanhã (21/3, 21h15, Novasports 4, Match Center do SPORT24).

Em detalhes o que disse o técnico grego:

Para o jogo contra o Efes: “Estou vendo isso agora no treino, mas acho que vamos fazer como fizemos ontem. Eles acertaram uma porcentagem melhor de cestas de dois e três pontos do que nós. Dava para perceber que não começamos com o direito atitude.

Claro que o Efes é uma equipa que se acertar no perímetro vai fazer tanto remates abertos como remates marcados, se abrir o marcador e ganhar confiança tem as ferramentas para lidar bem com a situação.

A forma como entramos no jogo foi errada. Nas etapas 50-50 eles foram mais difíceis que nós. Eles estavam com muita fome. Uma explicação é que estamos vencendo há dois meses consecutivos em todas as competições e não perdemos. Cada jogo é muito importante e temos que recuperá-lo amanhã”.

Para o jogo de Villeurbanne: “Enganou-se quem esperava um jogo fácil, venceu o Efes, venceu por 20 pontos, ontem marcou dez pontos no quarto período e no final perdeu para o Partizan, uma equipa muito boa.

Não existe competição indiferente na Euroliga. É uma equipe com capacidade atlética, consegue abrir o placar, tem experiência em regionais, tem jogado bem recentemente e esperamos um jogo difícil. De forma alguma é prático.”

READ  Virtus cancelou ingressos individuais comprados por gregos

Para a melhoria do Olympiakos: “O sucesso da equipe faz com que o Olympiakos diga que vai voltar aos playoffs. A questão deveria estar nas grandes datas do basquete grego e europeu e estivemos nos últimos três anos.

Com as dificuldades que tivemos este ano, acho que será muito importante chegar aos playoffs. A partir daí olho sempre para a minha equipa e se estivermos saudáveis, estamos mentalmente preparados e, quer tenhamos o factor casa ou não, seremos um adversário difícil para todos.

Pela derrota de Éfeso: “Você sempre fica orgulhoso quando vence, é da natureza humana. Perder, principalmente para os treinadores, dá ao time a chance de recomeçar. todos os grupos europeus.

Veja bem, não existe nenhuma seleção europeia que esteja invicta. O Real lutou muito contra o Alba ontem. Não existe jogo fácil. Zalkris derrotou Virtus facilmente. Isso significa que todo jogo é uma batalha, todo jogo tem sua dificuldade. Vimos o elenco e a qualidade do Efes, um time que não conseguiu chegar aos play-ins, e todos entendemos o quão competitiva é esta liga.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *