Cristina Lambri: Sua filha responde a Nikos Mouradidis

Com uma longa postagem em seu perfil no Facebook, Marissa Volgaraki, filha de Cristina Lambri, respondeu ao que Nikos Mouratidis disse sobre ela e sua mãe em seu blog.

Em particular, Marissa Voulgaraki escreveu: “Peço desculpas antecipadamente pela longa postagem. Não preciso provar nada a ninguém e não é para ser um pedido de desculpas porque não o fiz. e meu marido, de um ataque insensato e doloroso cometido por um estranho há alguns dias. Esta gravação é feita por motivos de segurança.

Cresci em uma família muito diferente do patriarcado. Minha mãe e aqueles que contribuíram para minha formação deram tudo para me educar com certos valores.

“Seja gentil com todos.”
“Não coloque ninguém em uma posição difícil porque você não sabe o que eles estão sofrendo.”
“Trate todos igualmente.”
“Seja honesto.”
“Tenha disciplina.”
“Seja respeitoso.”
“Tenha piedade.”
“Esteja vigilante”.
“Amar.”
“Pense antes de falar.”
“Não discrimine.”
“Não julgueis, para que não sejais julgados.”
“Ajudar.”
“Suportar.”

Esta lista poderia ser interminável. Com um filho e dois pais para sustentar, parece que minha mãe errou ao trabalhar. É errado ela não nos “levantar” para vê-la. Parece errado me deixar na casa onde todos moramos com meus avós sem escolher outra pessoa para estar perto de mim e eventualmente, todos juntos para me fazer sentir coisas e confiar nas pessoas. Com o que ouvimos todos os dias, é agora uma sociedade numa fase negra.

Espero cometer os mesmos erros que cometi com meus próprios filhos. Ensinar a todos a amar tudo desinteressadamente e sem discriminação, a amar e respeitar os diferentes elementos que têm em si mesmos e os diferentes elementos nos outros. No final das contas somos todos iguais, somos todos diferentes.

READ  EXCLUSIVO: DJ famoso preso por drogas

Numa altura em que estamos mais livres do que nunca, estamos mais presos do que nunca. O que você diz é julgado, o que você mostra é julgado, o que você escolhe é julgado e o que você acredita é julgado. Todos são julgados com demasiada precisão por aqueles que se limitam a ler as manchetes, que não se preocupam em ler o artigo inteiro, ou pior, que falsificam declarações públicas para ganho pessoal, admoestando os jornalistas a “terem cuidado com o que escrevem”. Citando publicações que não apoiam a sua retórica agressiva.

Alguém está usando palavras muito duras por não ter liberdade de expressão. Não sei se meu bacharelado ou meu mestrado me qualificam mais. Eu não quero e não vou.

Não sou uma figura pública por opção, não estou me posicionando conscientemente, não estou incomodando ninguém, tudo o que aconteceu machuca profundamente a mim e a minha família, e é por isso que a justiça deve ser feita agora.

#metinxristina Então, a toda mãe ou pai ou responsável ou pai adotivo que cria um ou mais filhos sozinho.

Observe “Namastê” (nama significa eu me curvo, significando eu e te significa você ou você. Portanto, “eu me curvo a você”, “a luz em mim se curva à luz em você”. Entre outras coisas, expressa gratidão. Mostra . Respeito. Você precisa de paz dentro de si mesmo. .precisa de paz em seus relacionamentos também.altruísmo.reconhecimento dentro de você – seu oposto – hálito divino, então comportamentos mesquinhos não têm lugar em sua vida.eles chamam você.seu eu interior verdade,paz e propósito)

A postagem de Marissa Voulgarakis foi republicada por Christina Lambri.

Vale lembrar que Nikos Mouradidis apresentou apenas uma parte da declaração de Cristina Lambri sobre o projeto de lei sobre casamento e procriação entre pessoas do mesmo sexo e fez um comentário inédito sobre ela, sua filha e a forma como a criou. blog.

READ  Como -3 se tornou -6 para o Olympiakos, dois pênaltis como gols contra! | Blog - Kostas Nikolakopoulos

“Christina Lambri:“ Sou a favor do projeto de lei para casais do mesmo sexo, mas a reprodução é uma história diferente” . Ela fala – como diz uma amiga – que deu à luz uma menina, “jogou-a” para a avó, e a criança cresceu obesa e problemática.“, escreveu Nikos Mouratidis.

A declaração completa de Christina Lambri segue: “Sou a favor do projeto de lei para casais do mesmo sexo, a procriação é outra história. compartilhar assim a vida deles, quem criou sua família, quem criou seus filhos. Eu ficaria muito feliz. Não teria problema. No final das contas o que importa para mim é o amor e como você cria seu filho.”

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *