Equador: Cartel mata guardas nas prisões – Exército sai às ruas

A situação está fora de controle EquadorNa noite de terça-feira (1º/9) integrantes do cartel realizaram missa Ataques armados com Tiroteio E Explosões Continuaram a protestar em estações de televisão, centros comerciais, universidades e prisões.

Na verdade, um vídeo enviado para “X” mostra policiais sentados no chão dentro da prisão, um agente terrorista fazendo um discurso e, segundos depois, a polícia executa um dos reféns a sangue frio.


Desde segunda-feira, o presidente Daniel Nobowa declarou estado de emergência no país, dizendo que levará os militares às ruas nas próximas horas, depois de um famoso líder de gangue ter escapado da prisão.

Ataque armado ao vivo em emissora de televisão

Transmissão ao vivo de sua estação de TV TC equador Interrompido por homens mascarados e armado Os homens obrigaram os funcionários a deitarem-se no chão enquanto ouviam Tiroteio e vozes.

Alguns dos homens mascarados foram vistos posteriormente saindo com funcionários em transmissões ao vivo, informou a Reuters.

Ao mesmo tempo, militares e policiais correram para uma universidade na cidade de Guayaquil, onde foram ouvidos relatos de uma invasão armada. Explosões.

Há relatos de que os atiradores ainda não entraram em um shopping. O incidente ocorre em meio a uma série de explosões e ao sequestro de pelo menos sete policiais, um dia depois que o presidente Daniel Nobowa fez o anúncio. Equador Emergência após um notório líder de gangue escapar da prisão.

O Equador tem sido assolado por elevados índices de criminalidade, com até assassinatos de políticos nos últimos meses, enquanto um proeminente empresário britânico e um embaixador não oficial foram recentemente raptados.

READ  Coríntia: Primeiro filho de Panagiodoros, ex-Crisácides e pai da família dos "Velhos Cristãos"

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *