Panathinaikos 2-1: Primeiro e melhor do jogo duplo com o carrasco de ouro Despotov

Com dois gols de Desponto, o PAOK venceu o Panathinaikos por 2 a 1 no melhor clássico e Stoiximan é o primeiro e melhor da Superliga.

Stoiximan estreou-se no derby da Super League com o PAOK Panathinaikos, Kirill Despotov foi o carrasco da partida dupla e marcou dois golos na vitória da equipa da casa por 2-1 em Toomba.

A equipa de Lucescu foi melhor durante a maior parte do jogo e, para além dos dois golos de Volgaro, teve outras fases para marcar, enquanto para o Panathinaikos Pagasedas empatou temporariamente com uma grande penalidade na hora certa. À procura do empate nos minutos finais da partida, os Verdes viveram dois grandes momentos com Mladenovic e Jedvaj mas não conseguiram o empate.

Agora, depois de três pontos do PAOK, lidera a Stoiximan Super League com 47 pontos, o AEK subiu para o segundo lugar com 45 e o Panathinaikos está em terceiro com 44.

PAOK x Panathinaikos jogo xgoals
ESPORTE24/OPTA

Aos 43 minutos, o PAOK partiu para o contra-ataque quando Dyson fez um passe vertical diagonal para Despodo que invadiu a área antes de bater Dragovski com um remate cruzado para fazer o 1-0. grupo.

No início do segundo tempo, o Panathinaikos ganhou um pênalti através do VAR com Pagasetta em um ponto com Tyson, e o meio-campista grego marcou para marcar seu primeiro gol através do Trefoil aos 52 minutos.

Porém, aos 56 minutos, marcou um gol de sorte para recuperar o controle do jogo. O time da casa roubou a bola pela direita e contra-atacou de forma brilhante, trocando seis passes em rápida sucessão, Tyson fez uma virada paralela, o atacante Sastre mandou a bola para baixo dos pés e Despotoff fez 2-up com jogada fria. 1 para PAOK.

Nos últimos vinte minutos, após alterações de ambos os treinadores, a bola subiu e desceu, ambas as equipas fizeram boas jogadas, mas por vezes Dragovski e outras vezes Kodarski cortaram os esforços dos adversários.

Lucescu na mesma ordem

Lucescu utilizou a mesma escalação que usou na vitória por 5 a 1 sobre o Volos, há uma semana, no clássico com o Panathinaikos.

Kotarski estava sob as traves. Sastre na ala direita, Baba na esquerda, Kolirakis e Kensiora competindo no centro da defesa.

Os dois do meio-campo estavam em outra partida com Maid, Ostov e os três da frente com Despotov no centro, Murk na direita e Dyson na esquerda, Brandon Thomas na ponta do ataque.

Mudanças e apresentações ao trio no Panathinaikos

Terim, por sua vez, fez uma série de mudanças em relação aos onze que alinharam na partida da copa contra o Atromidos, enquanto três jogadores verdes fizeram sua estreia na Stoiximen Super League. Atribuído a Dragovski, Ugo e Bagashetta.

Sob o gol do Panathinaikos, Dragovski jogou na ala direita, com Vajianitis e Mladenovic na esquerda. Jetway – lançado no Ugo Security Center.

À frente deles, no centro, Arau-Kotsiras fez dupla, com Mancini na direita na frente deles, Aitor na esquerda e Bagashetta atrás do promovido Jeramekaev.

A primeira parte não tem muitas fases significativas. Estes foram contados nos dedos de uma mão. Foram os anfitriões que ameaçaram primeiro, quando Brandon Thomas cabeceou da esquerda e Dragovski abriu para escanteio.

O remate de Bagaseta aos 19 minutos do jogo foi a primeira presença do Panathinaikos na final. Aiter passou a bola para o meio-campista grego, que chutou vários metros acima do gol de Kodarski.

Aos 39 minutos, o PAOK marcou com Koulierakis após erro de Despontos, mas o VAR verificou a fase e o gol foi anulado porque o zagueiro grego estava na frente da defesa do Panathinaikos.

Despotov colocou o PAOK na frente

Quatro minutos depois, o PAOK assumiu a liderança por intermédio de Despoto. Os donos da casa roubaram a bola e contra-atacaram, Tyson cruzou para o extremo búlgaro que invadiu a área e um chute cruzado deixou Dragovski sem espaço para reagir.

O primeiro tempo terminou com duas chances para o Panathinaikos. Cedo 45 + 5' A bola sai da área do PAOK e chega a Arrows, que faz um chute certeiro e Kotarski chuta para escanteio.

O canto de Mancini na esquerda foi recebido por Kotarski, que voltou a fazer uma defesa firme.

Terim mudou pessoas e organização

No início do segundo tempo, Fatih Terim fez três alterações e vários rearranjos na escalação do Trefoil. Turgos jogou com Serin, Bernard e Juric e omitiu Geremegev, Aitor e Ugo na partida contra o PAOK.

Arau passou a jogar no centro da defesa, Serin limpa na área central junto com Kochira e Juricic – Pakaseta faz dupla na ponta do ataque do Panathinaikos.

Com isso, nos primeiros minutos do segundo tempo, o Shamrock entrou forte na disputa e buscou o empate.

Pênalti do VAR para Panathinaikos e empate com Pagasetta

Aos 49 minutos, Pagasetta foi empurrado para a área por Tyson. O árbitro acionou o VAR para ver a fase e continuou o jogo. Depois de mais testes, o norueguês virou-se e apontou para a seta branca. Bagacetas cobrou o pênalti aos 52' e com um pênalti muito forte em linha reta bateu Kotarski e fez o 1-1.

O objectivo do PAOK é recuperar a liderança

Quatro minutos depois, o PAOK marcou um belo gol para recuperar a liderança. Kotsiras abriu para Mladenovic na esquerda, Sastre saiu e cortou na área do bíceps, que passou Despoto para Marc, o lateral espanhol e o meio-campista búlgaro ambos envolvidos no ataque.

Murk trocou a bola com Brandon Thomas e passou para Tyson pela esquerda. O brasileiro driblou Vagiannites e entrou na área, ao mesmo tempo em que desviou a bola para a marca do pênalti. Sastre deixou escapar e Despotov fez o 2-1 com calma e precisão para o PAOK.

Os donos da casa voltaram a ameaçar aos 63 minutos, quando Murk chutou de fora da área e Dragovski limpou com facilidade.

Aos 71 minutos de jogo, Kotsiras fez boa jogada pela direita e passou a bola para Bagaceta avançar e Kotarski desviou escanteio para marcar a bola parada.

Constantelias, que passou a partida tentando roubar a bola de Kotzirus aos 75 minutos, invadiu a área e chutou ao lado do gol do Panathinaikos. Seis minutos depois, o meio-campista grego recebeu novamente pela esquerda, tentando chutar com Dragovski.

Duas grandes chances para o Panathinayak empatar

O último quarto foi do Panathinaikos, que arriscou e tentou encontrar um gol para empatar e pelo menos tentar o ponto em Toomba.

Green teve dois grandes momentos, mas não conseguiu. Logo no início, aos 86 minutos, Glover desviou lindamente a bola, com Mladenovic como último destinatário na área. Do alto da pequena área, o sérvio tentou bater Kodarski pela direita, mas o goleiro croata defendeu com o braço.

90 + 6' Bernard chega pela esquerda e chuta ao lado da trave direita de Kotarski para Jetweiler.

Estatísticas e melhores desempenhos no PAOK – Panathinaikos
ESPORTE24/OPTA

PAOK: Godarski, Sastre, Koulariakis, Kensiora, Baba, Maid, Ostov (88' Schwab), Dyson (72' Constantias), Murk (78' Marcos Antonio), Despotov (72' Zivkovic), Brandon Thomas (88' Zimas).

Panathinaikos: Dragovski, Vagianidis (65' Limnios), Jedvai, Ugo (46' Djuricic), Mladenovic, Arau, Kotsiras, Mancini (89' Vilena), Bagacetas, Ayder (46' Bernard), Jeramekaev (46' Serin).

Na noite de jogos de domingo, Pantelis Vlachopoulos é acompanhado por Pantelis Diamantopoulos e Themis Kaisaris comentando o grande derby PAOK – Panathinaikos, enquanto Kostas Goulis e Savvas Tziobanoglou carregam o relatório completo.

READ  Um agente da "Máfia Grega" de 48 anos está livre

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *