Olympiakos – Asteras 2-1: El Gabi entra e causa problemas

Asteras surpreendeu o Olympiakos com um gol de Yablonski aos 45 minutos, mas o substituto El Camby, aos 57 minutos, marcou duas vezes (78 minutos, 87 minutos) para os Vermelhos e Brancos abrirem o placar e marcar um gol valioso. Três pontos na briga pelo primeiro lugar.

Uma vitória muito importante para o Olympiakos Principalmente a forma como jogou à porta fechada na final por 2-1 frente ao Asteras Tripoli. Mendiliber perdeu apenas 2 gols de El Campi e as mudanças feitas pelo técnico do Mendiliber viraram o jogo.

Olympiacos – Asteras Tripoli: Como começaram as 2 equipas

Houve um ciclo de Mendiliber a Olympiakos. Pasalakis marcou com Richards, Carmo, Biancone e Rodini na defesa quatro. Eze e Iborra juntaram-se a Horta no meio-campo, enquanto Fortonis juntou-se a Cabral nas alas de ataque (no jogo de abertura de Cabral). Por fim, Navarro foi o principal pioneiro.

Por outro lado, Asteras estava com Ciftsis no gol de Trípoli e quatro defesas Carmona, Adenta, Christopoulos e Houhoumi. Yablonsky estava no eixo com Alakbey e Juglis estava na frente deles. Crespi e Cito estavam nas “alas” e os Montsis estavam por cima.

O Asteras fez 0 a 1 no vestiário com um gol, dois gols anulados por Navarro.

O Olympiakos teve gols sofridos e chances de gol desde o início do primeiro tempo. O gol de Navarro aos 6 minutos foi anulado por impedimento. Aos 9 minutos, Asteras chutou Montsis e o Olympiakos deu os próximos passos. O cabeceamento de Navarro saiu ao lado aos 17', seguido de um remate de Rodini aos 19' e de Cabral quase de imediato.

Aos 32 minutos, após roubo de Ese, Fortounis disparou um chute (o mesmo jogador cobrou falta em boas condições) que cabeceou para a rede, mas encontrou um adversário em algum lugar e foi para escanteio. No entanto, aos 40 minutos, primeiro Paschalakis operou Yablonski, depois Karmos fez movimentos importantes para evitar o 0-1.

READ  A Ucrânia foi responsabilizada pelo ataque terrorista em Belgorod

Pouco antes dos 43 minutos, Navarro voltou a marcar, mas o gol foi anulado pela mão de Ibora na trajetória da bola. No entanto, Asteras marcou aos 45 minutos e fez o 0-1. Cruzado por Regis no 2º post, Yablonski deu um passo à frente e marcou de bola parada para colocar o Arcades na frente com o placar Nos primeiros 45 minutos o Olympiakos foi melhor no final da primeira parte, mas o Asteras conseguiu o que queria.

1-1 de El Gabi em 11 passos e… recuperação com ele em 2-1

Aos 2 e 45 minutos, Medlibar fez sua estreia pelo Veso e depois colocou o fio L em jogo pela segunda vez. Aos 53 minutos, a cobrança de falta de Fortounis errou a trave de Ciftzi. Aos 63, Bodens chutou, mas Siftzis defendeu.

Aos 72 minutos, Rodini desperdiçou grande chance com quatro quatro. Antes dos 77 minutos, o Olympiakos teve duas fases. Um com gol de Pontens e outro de El Camby não descartado por impedimento.

Fodias então foi verificar o VAR e marcou pênalti de Carmona sobre Potens. Aos 79 minutos, El Gaby marcou em 11 passos para empatar em 1-1.

El Gabi fez o 2-1 aos 87 minutos. Um passe de calcanhar de Botens para Horta, uma reviravolta dos portugueses e El Camby fez o 2-1. Ultimamente, o Olympiakos teve outros grandes empates. Um com remate de Jovetic e outro com remate/tentativa de Potens.

MVP: El Gabi Sem dúvida. Ele tem dois objetivos. Mais dois este ano para o Olympiakos, um dos quais foi de grande penalidade. Marrocos 19 gols em 31 partidas em todas as competições, Stoiximan 19 gols na Super Ligue 1 e 6 gols com o técnico do Vasco.

READ  “Felizmente vamos trazer o basquete de volta ao Norte” | Blog - Chrysanthos Tsaltidis

No auge: potência. Ele entrou na partida, cobrou pênalti e perdeu por 2 a 1 com seus péssimos calcanhares. E mais importante Isso mesmo Em competição com um parceiro.

Elo mais fraco: Carmona. Somente na medida de sua punição em Potens. Houve jogadores do Olympiakos que não se saíram tão bem como Cabral.

Erro: Chega o momento do pênalti de Carmona para Pontens. A partir daí foi 1-1.

A luta: Má gestão da partida por parte do árbitro Photius e seus assistentes. Os 2 gols de Navarro no primeiro tempo foram justamente anulados, mas a fase 0-1 do Astera (por impedimento no início da fase) suscita debate, embora o árbitro e o VAR tenham decidido que foi um gol claro. Ele também sofreu uma reação negativa na divisão da fase de pênaltis.

Fundo Gazeta: Olympiakos encontra-se… do céu… no inferno. Passando do 0-1 para o 2-1, isso se baseia no panorama geral da partida, já que foi superior em um período significativo da partida com o Asterus e teve mais fases. Asteras é digno de batalha e está consistentemente bem colocado. Isso nos mostrou mais uma vez que eles são uma boa equipe.

Olimpíadas: Paschalakis, Richards, Carmo, Biancon (46' Vezo), Rodiney, Ese (46' Ciquinho), Ibora (57' El Cambi), Horta, Fortunis, Cabral (46' Pontense) e Navarro (79' Jovetic).

Asteras Trípolis: Tsiftsis, Carmona, Atienta, Christopoulos, Houhoumis, Yablonski (71' Gos), Alagbe, Zouglis (71' Palasios), Crespi, Sito (59' Kaltsas) e Manzis (59' Miritelo).

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *